ROSÉS

Ordenar por:  
Art.Terra Curtimenta Rosé 2017
Art.Terra Curtimenta Rosé 2017
Colheita: 2017

Castas: Antão Vaz | Arinto | Viognier

Classificação: IGP

Solo: Xisto

Vinificação: Vindima mecânica. Desengaço parcial. Fermentação em lagar com bagos inteiros. Pisa a pé. Temperaturas controladas entre os 18º e os 25º, maceração pós fermentativa de 8 dias.

Estágio: 6 meses em barricas de carvalho francês usadas de 400 L.

Notas de Prova

Cor: Laranja.

Aroma: Notas frescas de tangerina, menta e canela.

Paladar: Taninos suaves, corpo médio. Boa frescura e mineralidade.

Acompanha: Frutos secos, tapas ibericas e uma boa conversa.

Detalhes Técnicos: Teor alcoólico: 12,5% | Acidez Total: 6g/l | pH: 3,35 | Acidez Volátil: 0,26g/l

12.00€  IVA incluído
Herdade de São Miguel Colheita Selecionada Rosé 2016
Herdade de São Miguel Colheita Selecionada Rosé 2016
Denominação de Origem: IG Alentejano

Solo: Argilo-Xistoso

Castas: Aragonez | Touriga Nacional

Vinificação: Vindima manual. Desengaço total. Maceração pré-fermentativa durante 8 a 12 horas. Prensa em vácuo, fermentação a temperaturas controladas (15 a 18ºC) em cubas inox.

Notas de Prova

Cor: Rosa Claro

Aroma: Fresco com notas de frutos tropicais e frutos vermelhos.

Paladar: Intenso e Envolvente. Fresco e Mineral.

Gastronomia: Peixes Grelhados, Mariscos, Sushi e Saladas.

Detalhes Técnicos: Teor Alcoólico: 13% | Acidez Total: 6g/l | pH: 3,37 | Acidez Volátil: 0,56g/l

Prémios: Ouro - Vinalies Internationales

4.51€  IVA incluído
Vinha da Defesa Rosé 2016
Vinha da Defesa Rosé 2016 (Esporão)
Perfil: Com um estilo contemporâneo e perfil elegante e intenso, estes vinhos mostram o caracter de talhões seleccionados e bem definidos na Herdade.

Solo: Natureza granítica/xistosa, estrutura franco-argilosa

Idade das Vinhas: 10 anos

Castas: Aragonez | Syrah

Enólogos: David Baverstock | Sandra Alves

Vinificação & Estágio: Desengace, choque térmico, breve maceração pelicular, prensagem, fermentação com temperaturas controladas em cubas de inox, centrifugação, estabilização, filtração.

Notas de Prova

Cor: Cor rosada muito viva.

Aroma: Aroma de frutos vermelhos frescos que lembram a cereja e discretos apontamentos vegetais.

Paladar: Paladar intenso com notas de framboesa, num conjunto equilibrado, firme e persistente.

Detalhes Técnicos: Teor Alcoólico: 13% | Acidez Total: 6,7 g/l | pH: 3,3 | Açúcar Redutor: 1 g/l

4.33€  IVA incluído
Monte da Peceguina Rosé 2016
Monte da Peceguina Rosé 2016 (H.M.N.)
Região: Alentejo/Albernôa

Classificação: Vinho Regional Alentejano

Castas: Touriga Nacional e Aragonez

Enólogo: Nuno Gonzalez

Notas de Prova

Cor: Côr salmonada aberta.

Aroma: Nariz limpo com notas de fruta vermelha fresca e algum floral.

Paladar: Na boca é frutado, leve e com grande frescura.

Teor Alcoólico: 12,5%

8.59€  IVA incluído
Quinta de Linhares Rosé 2016
Quinta de Linhares Rosé 2016
Produtor: Agri-Roncão Vinícola, Lda

Castas: Tintas | Espadeiro

Enólogo: António Sousa

Notas de Prova

De cor muito apelativa, o vinho rosé Quinta de Linhares é característico pela sua intensidade aromática e agradável frescura. Elaborado a partir de uma cuidada seleção de castas tintas, revela aromas florais e de frutos de baga vermelha. É frutado e suave na boca.

3.45€  IVA incluído
Mundus Rosé Leve
Mundus Rosé Leve
Região: Regional Lisboa

Tipo: Rosé

Produtor: Adega Cooperativa da Vermelha

Notas de Prova

Aroma frutado mas não em exuberância, fruta encarnada morango, melancia. Muito directo na boca, esguio e saltitante, gás e doçura evidente, sabor silvestre, termina com frescura. Bom para saladas ou pizzas.

Teor Alcoólico: 9,5%

1.65€  IVA incluído
Lancers Rosé
Lancers Rosé
Tipo: Vinho Rosé

Castas: Aragonês | Syrah | Touriga Nacional | Castelão | Trincadeira

Região: Portugal

Equipa de Enologia

Sob a orientação de Domingos Soares Franco – o primeiro Enólogo português formado pela reconhecida Universidade de Davis, na Califórnia – uma equipa de enólogos criteriosamente escolhida por si, é responsável por conduzir um vasto conjunto de investigações, estudos, experiências e inovação, que tornam a José Maria da Fonseca pioneira em muito daquilo que se faz em matéria de Enologia em Portugal e no Mundo. Trata-se de um trabalho que começa na vinha, abrange todos os processos de produção e termina no vinho engarrafado, colocado à disposição do consumidor.

Vinificação: As uvas tintas são fermentadas sem películas a uma temperatura de aproximadamente 15ºC.

Estágio: Sem estágio.

Notas de Prova

Cor: Rosa.

Aroma: Frutos vermelhos e tropicais.

Paladar: Agradável, fino, leve e ligeiramente adocicado.

Serviço & Gastronomia: Deve ser bebido fresco a uma temperatura de 10ºC, com comida mexicana, saladas, frango e pratos italianos.

Conservação: Deve ser consumido enquanto jovem.

Detalhes Técnicos: Teor Alcoólico: 10% | Acidez Total: 5,2gr/l ácido tartárico | pH: 3,3 | Açúcar Residual: 15 gr/l

3.15€  IVA incluído
Mateus Rosé
Mateus Rosé
Tipo: Tranquilo

Cor: Rosé | Tonalidade: Rosa

País de Origem: Portugal

Castas: Baga | Rufete | Tinta Barroca | Touriga Franca

Enólogo: Miguel Pessanha

O Vinho

Mateus Rosé é um vinho leve, fresco, jovem e ligeiramente «pétillant». A sua qualidade, extrema versatilidade e estilo consistente tornam-o o vinho ideal para acompanhar os bons momentos da vida.

Vinificação

A vinificação segue o método tradicional dos vinhos brancos e a fermentação decorre lentamente, sem películas das uvas, em cubas de aço inox sob temperatura controlada de 16ºC. À colagem segue-se uma estabilização pelo frio, pós a qual os vinhos são filtrados e engarrafados. Todo o processo é extremamente cuidado para garantir consistentemente a manutenção do estilo, cor e frescura única de Mateus.

Notas de Prova

Mateus Rosé é um vinho rosé de cor muito apelativa e brilhante. Globalmente, é um vinho fresco e sedutor com boa intensidade aromática e toda a jovialidade dos vinhos jovens. Na boca, é um vinho muito equilibrado e tentador, brilhantemente complementado por um final suave e ligeiramente «pétillant».

Serviço: Recomenda-se que seja servido fresco, em flute ou em copo tipo tulipa. Temperatura ideal situa-se entre 6ºC-8ºC.

Gastronomia

Mateus Rosé é ideal para um aperitivo, para acompanhar um momento refrescante do dia. Mateus Rosé também acompanha muito bem refeições ligeiras, vários peixes e mariscos, carnes brancas, grelhados e saladas. As suas características únicas tornam-no também ideal para servir com massas e vários pratos da cozinha italiana, e acompanha magnificamente várias cozinhas asiáticas, Chinesa, Japonesa, Vietnamita e Tailandesa.

Conservação: A garrafa deve ser mantida, em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz.

Detalhes Técnicos: Teor Alcoólico: 11% | Co2: 2,2 g/l | Açúcar: 15 g/l | pH: 3,2-3,3

3.24€  IVA incluído
Por página      1 - 8 de 8
  • 1