BRANCOS

Ordenar por:  
Vallado Branco 2016
Vallado Branco 2017
Castas: 40% Rabigato | 25% Códega | 15% Viosinho | 10% Gouveio (Verdelho) | 10% Arinto

Enólogos: Francisco Olazabal | Francisco Ferreira

Vinificação: As uvas, maioritariamente provenientes de vinhas novas, foram vinificadas no sistema de bica aberta. A fermentação durou cerca de 1 mês com temperatura controlada entre 14º a 16º C.

Estágio: O vinho estagiou durante 3 meses em cubas de aço inoxidável.

Notas de Prova

Cor: Citrina.

Aroma: Floral e fruta bem madura com algumas notas de melão.

Paladar: Vinho muito mineral e fresco, com sabor equilibrado e persistente com notas cítricas.

Teor Alcoólico: 12,5%

7.39€  IVA incluído
Vale da Judia Branco 2016
Vale da Judia Branco 2017
Descrição

Península de Setúbal, região onde estão situadas as nossas vinhas, caracterizada por um microclima com ótimas condições endafo-climáticas, únicas onde se destaca os solos arenosos mas ricos em água e o clima Mediterrâneo mas com influência marítima devido à proximidade do mar. A perfeita harmonia destes elementos favorecem o desenvolvimento de castas nobres perfeitamente adaptadas originando vinhos de excecional qualidade.

Denominação de Origem: Vinho Regional Península de Setúbal

Tipo: Branco

Tipo de Solo: Podzolizado de areia e arenitos

Castas: 100% Moscatel de Setúbal

Vinificação: Ligeira maceração pelicular seguida de fermentação alcoólica a temperaturas controladas.

Estágio: Nenhum.

Notas de Prova

Cor: Citrina.

Aroma: Intenso à casta, floral, fresco, leve.

Paladar: Boa acidez e estrutura.

Temperatura de serviço: 10-12ºC

Gastronomia: Peixes, saladas, mariscos e como aperitivo.

Conservação: Em local fresco com a garrafa deitada. Mantém-se em ótimas condições durante 5 anos.

Teor Alcoólico: 12%

2.53€  IVA incluído
Planalto Branco 2015
Planalto Branco 2017
Tipo: Tranquilo

Categoria: Reserva

Cor: Branco | Tonalidade: Amarelo Citrino

País de Origem: Portugal | Região: Douro | Designação de Origem: DOC Douro

Enólogo: Luís Sottomayor

Castas: 30% Viosinho | 15% Malvasia Fina | 15% Gouveio | 15% Arinto | 15% Códega | 5% Rabigato | 5% Moscatel

O Vinho

Planalto é hoje uma das maiores referências de vinho branco na Região Demarcada do Douro, fruto dos profundos estudos efectuados ao longo dos anos, da criteriosa escolha das castas que o compõem e do uso da melhor tecnologia de vinificação na sua produção.

NOTAS DE PROVA

Casa Ferreirinha Planalto Reserva 2016 apresenta uma cor citrina brilhante e um aroma de boa intensidade e complexidade. Destacam-se os aromas florais, frutos de polpa branca, frutos tropicais e ligeiras notas arbustivas. Na boca revela bom volume e notável acidez, perfeitamente equilibrada, voltando a estar em destaque as notas florais e os aromas a frutos de polpa branca. O seu final é longo, elegante e harmonioso.

Vinificação

À chegada à adega da Casa Ferreirinha em Vila Real, as uvas colhidas à mão nas zonas altas e planaltos da região do Douro - escolhidas pelo seu equilíbrio entre boa maturação e excelente frescura - foram desengaçadas e esmagadas suavemente. Seguiu-se um processo de decantação a frio dos mostos, os quais, após atingida a limpidez necessária, foram fermentados em cubas de aço inoxidável a uma temperatura controlada entre 16ºC-18ºC, durante cerca de 20 dias.

Estágio

Os vinhos seleccionados para Casa Ferreirinha Planalto Branco Reserva 2016 foram mantidos separadamente por casta e/ou vinha a baixas temperaturas. Após várias provas e na sequência de uma apurada selecção foi elaborado o lote final que, depois de clarificado e estabilizado, foi engarrafado.

Temperatura de Serviço

Deve ser servido fresco, entre 9ºC-11ºC.

Gastronomia

Casa Ferreirinha Planalto Branco Reserva 2016 é o vinho ideal para acompanhar saladas, pratos leves, peixe e marisco, ou até para saborear como aperitivo.

Conservação

Casa Ferreirinha Planalto Branco Reserva 2016 pode ser apreciado na sua plenitude 6 meses após o engarrafamento, mantendo-se, contudo, nas melhores condições durante 2 a 3 anos. Conservar em posição horizontal a temperaturas de 10ºC-15ºC.

Teor Alcoólico: 13%

4.53€  IVA incluído
Dez Tostões Branco 2015
Dez Tostões Branco 2017
Tipo de Solo: Argilo-calcários

Clima: Mediterrâneo, dias quentes e noites frias.

Viticultor: Philip Mollet

Enólogo: António Maçanita Castas: Antão Vaz (100%)

Vinificação

Vindima manual em caixas de 20Kg. Prensagem directa sem esmagamento, com defecação natural. A fermentação alcoólica ocorreu a 12oC, 100% em cuba de inox. Estágio de 6 meses em carvalho francês e americano.

Notas de Prova

Cor: amarelo palha.

Nariz: intenso fresco, notas florais com citrinos.

Paladar: Ataque em frescura, com textura, rico de aromas e boa persistência.

Temperatura de Serviço: Conservar a 8ºC para ser bebido a 10ºC.

Teor Alcoólico: 13,5%

9.10€  IVA incluído
Montinho de São Miguel Branco 2015
Montinho de São Miguel Branco 2017
Denominação de Origem: IG Alentejano

Solo: Argilo Xistoso

Castas: Antão Vaz | Encruzado | Viognier

Vinificação

Vindima mecânica durante a noite. Desengaço total. Maceração durante cerca de 8 horas. Prensagem em vácuo, fermentação com temperaturas controladas (15 a 18ºC) em cuba inox durante 10 a 15 dias.

Notas de Prova

Cor: Amarelo citrino com laivos verdes.

Aroma: Aroma complexo de frutos tropicais, boa mineralidade e notas florais.

Paladar: Personalidade forte, intenso, bom corpo e acidez. Final fresco e vigoroso.

Gastronomia: Peixe fresco, mariscos e sushi.

Teor Alcoólico: 12,5%

2.90€  IVA incluído
Art.Terra Curtimenta Rosé 2017
Art.Terra Curtimenta Branco 2017
Colheita: 2017

Castas: Antão Vaz | Arinto | Viognier

Classificação: IGP

Solo: Xisto

Vinificação: Vindima mecânica. Desengaço parcial. Fermentação em lagar com bagos inteiros. Pisa a pé. Temperaturas controladas entre os 18º e os 25º, maceração pós fermentativa de 8 dias.

Estágio: 6 meses em barricas de carvalho francês usadas de 400 L.

Notas de Prova

Cor: A sua cor laranja deve-se à fermentação com as películas como um tinto, o que origina alguma oxidação. É conhecido como "orange wine".

Aroma: Notas frescas de tangerina, menta e canela.

Paladar: Taninos suaves, corpo médio. Boa frescura e mineralidade.

Acompanha: Frutos secos, tapas ibéricas e uma boa conversa.

Teor alcoólico: 12,5%

12.00€  IVA incluído
João Pires Branco 2016
João Pires Branco 2017
País de Origem: Portugal

Região: Península de Setúbal

Tipo de vinho: Branco

Produtor: José Maria da Fonseca

Castas: 100% Moscatel

Notas de Prova: João Pires, um vinho superior, produzido exclusivamente com a casta Moscatel. Distingue-se pelo seu perfume único, marcado por notas florais intensas, e pelo seu paladar fresco e equilibrado.

Gastronomia: A elegância deste vinho é ideal para acompanhar pratos leves, ou servido como aperitivo.

Teor Alcoólico: 12%

3.89€  IVA incluído
Crasto Branco 2016
Crasto Branco 2017
Denominação de Origem: Douro

Sistematização: Patamares; Vinha ao alto

Solo: Granítico

Idade das Vinhas: Mais de 20 anos

Castas: Gouveio | Viosinho | Rabigato

Enólogo: Manuel Lobo

Vinificação

As uvas, provenientes de talhões previamente seleccionados, foram transportadas em caixas de plástico alimentar de 22 kg e sujeitas a uma rigorosa triagem à entrada da adega. Foram posteriormente desengaçadas e prensadas. O mosto prensado foi transferido para cubas de inox onde se manteve a uma temperatura de 8ºC durante 48 horas até à sua decantação. Seguidamente decorreu a fermentação alcoólica em cuba de inox com temperaturas controladas de 14º C durante um período de 30 dias.

Estágio: Em cubas de aço inox.

Notas de Prova

Cor: Citrino.

Aroma: Excelente intensidade aromática, onde se destacam frescas notas de lima e, toranja, muito bem envolvidas em elegantes aromas de flor de laranjeira, e vibrante mineralidade.

Paladar: Início cativante, evoluindo para um vinho com excelente volume, acidez e estrutura, tudo em perfeito equilíbrio com notas de grande frescura e mineralidade. Um vinho sedutor que termina vibrante, fresco e persistente.

Teor Alcoólico: 13%

8.99€  IVA incluído
Por página      1 - 8 de 28